sexta-feira, 30 de outubro de 2009

10 meses se passaram...


É isso mesmo, já se foram 10 meses, agora a contagem regressiva é pro primeiro aniversário do filhote!!

Foi num dia bem como o de ontem, um sol maravilhoso, um calor danado e um vento soprando do nordeste que as 11:40 h do dia 29/12/2008 você chegou pra brilhar, aquecer e levantar muita poeira!


Eu esperei muito mas muito mesmo por aquele momento, passava várias horas imaginando, perdia o sono, nas noites antecedentes mesmo é impossível dizer que dormir de verdade. Ficava tentando adivinhar o rostinho, a cor dos olhos, os cabelos, as mãozinhas...


Uma das minhas preocupações é se daria tudo certo, se você nasceria bem e saudável, me preocupei tanto com você e no fim o problema foi comigo, ali naquele dia tão sonhado e esperado foi minha primeira vez onde percebi que ser mãe é esquecer de si e viver pra aquele serzinho que esta chegando.


Eu queria muito ter ouvido teu primeiro choro, de presenciar aquele momento onde o pediatra trás o filhinho pra junto da mãe, mas não pude...


Apesar de estar muito nervosa eu entrei na sala cirúrgica consciente, híper e mega feliz, mas logo após o ato anestésico comecei a não me sentir bem, a minha pressão arterial subiu muito e pra reverter o quadro o médico anestesista usou medicações que acabaram me deixando inconsciente.


Lembro-me vagamente de algumas cenas e palavras ditas durante o parto, lembro-me vagamente da tua imagem no primeiro banho e cercado de cuidados e mimos da equipe cirúrgica (todos meus amigos), da Dinda Dai e da tia Manon (que acompanharam o seu nascimento).


Mas o nosso primeiro encontro (consciente) foi quando a mamãe estava sendo levada pra sala de recuperação, foi lindo, emocionante, chorei muito, você estava lindo, com um macacão azul, enrroladinho num cobertor bege e de cabelos penteados pro lado, um princípezinho, a tia Ju que te entregou pra mamãe, ah vale lembrar não era só a mamãe que chorava, era a família inteira, papai, mamãe e o filhote, sim a família porque a partir deste dia nós passamos a ser uma família!


Parabéns LUCAS pelos seus 10 meses!! Mamãe te ama tamanho do universo!

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Grandão da mãe!



É você já tá um mocinho filho, perto dos 10 meses já mostra ser bem inteligente e serelepe, nada mais nada que a suas maozinhas possam alcançar ficam intactos, tem uma habilidade e tanto nesses dedinhos e uma força enorme nos bracinhos.

Agora pra alívio e sossego da mamãe suas pernas começaram a se firmar, foi questão de dias, porque tempinho atrás a angústia já estava tomando conta ao vê-lo todo molengo e sem nenhum indício de engatinhar ou caminhar, aliás você ainda não engatinha, apenas joga o bumbum de um lado pro outro, não levanta sozinho e ensaia alguns passinhos apenas no andador (onde fica muito pouco tempo). Mesmo você não engatinhando ou levantando que seria algo natural pra um bebê da sua idade o coração da mamãe está um pouco mais tranquilo você tem mostrado progresso e tenho certeza de que logo estará correndo pela casa inteira.

Ah os seus dentes!! Estão lindos, branquinhos branquinhos, dois na parte inferior e dois na superior, é bom lembrar que por causa desses "grãozinhos de arroz" você tem ficado bem chato e quase que enlouquecido a mamãe e o papai, rsrrsrs

A uma semana atrás você falou "mamã", foi lindo a primeira vez que lhe ouvi, estavamos voltando da casa da vovó, mamãe estava dirigindo e você gritooooou MAMÃ.... Confesso que fiquei um pouco confusa, pensei que tivesse ouvido coisas demais ou até mesmo ouvido o que queria ouvir, contei pra vovó, pra titia, pro papai e todos se empenharam em fazer você falar novamente, mas já mostrando sua personalidade, isso não aconteceu, sua boca era um botão!

No dia seguinte quando estavamos sozinhos novamente você repetiu a proesa e mais uma vez só a mamãe viu, começou todo mundo outra vez tentar fazer você falar e nada, rsrsrsrs

É isso aí filho tem coisas que foram, são e serão só nossas mesmo, minhas e suas!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Dia da criança com criança!


Tudo muda, tudo passa, nem sei se até que o Lucas seja alfabetizado e tenha compreensão e interesse pra ler um blog estarei postando ou com os posts arquivados mas mesmo assim vou escrever pra ele:

Filho, dia 12/10/2009 foi um dia bem diferente pra mamãe, a animação começou dias antes em imaginar esse dia e comprar um presente que você gostasse (lógico que a mamãe gostasse também, rsrsrs) foi tanta euforia que no dia em que a mãe saiu pra escolher seu presente se maravilhou com tudo que viu e achou justo não escolher sozinha resolveu falar pro papai ir a loja e viver toda essa emoção também.


Enfim a mamãe comprou um pandeiro, o papai blocos pra montar e uma bóia, rsrsrs, todos falam que nós pais queremos que nossos filhos realizem os sonhos que nós não conseguimos realizar, acho que inconsciente ou conscientemente eu fiz isso, rsrsrs, sempre tive admiração por músicos e nunca toquei nenhum instrumento, nem mesmo bumbo, hehehe, e você tendo 9 meses o pandeiro será bem interessante por enquanto, só por enquanto, porque certamente muitos outros instrumentos virão, agora de brinquedo mas no futuro se você quiser será profissional.


Tudo que você ganhou foi recebido com muita atenção e interesse você bisbilhotou até mesmo as embalagens, além dos presentinhos dos papais, você ganhou um helicóptero da vovó Janice e do vovô Vani, um carrinho da vovó Valdira, outro carrinho e um crocs (sandália) do dindo Bruno e da tia Larissa, uma bola, uma Arca de Noé musical e uma roupinha linda da dinda Daiane.


E nós ganhamos alguns presentinhos seus também, era seu dia, mas a mamãe o papai e todos que o rodeiam ganharam vários sorrisos, uns marotos, uns sacanas, uns escancarados, uns acompanhados de gritinhos, outros de tchauzinhos, todos lindos e que deixam a mãe ainda mais orgulhosa do filhote!


Mamãe te ama pra sempre!



PS: mamãe Nathi desde que você privatizou não consigo mais visitá-las, me convida, meu email é janaanselmo@gmail.com

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Aniversário da mamãe fora da barriga da mamãe!

Ontem foi meu aniversário, meu primeiro aniversário com o Lucas aqui do lado de fora. No ano passado eu estava entrando no 7o. mês de gestação, ele já estava grandão, mas ainda do ladinho de dentro.
Sinto saudade dele chutando minha barriga, se espreguiçando e fazendo questão de mostrar que estava pra chegar e fazer da minha vida uma passagem muito mais interessante.
Nesse aniversário os sentimentos foram completamente diferentes, certas coisas que eu valorizava muito nos anos passados perderam ou diminuíram o grau de valorização.
Antes do Lucas, eu me pegava pensando fazendo um balanço da minha vida, avaliando as posições, posturas das pessoas que convivem comigo, se fulano me parabenizou, se ciclano não lembrou do meu aniversário, na hora de soprar as velinhas o pedido era tão egoísta, porque era meu aniversário o pedido tinha de ser pra mim, exclusivamente pra mim!
Adivinhem quem estava no pedido de ontem??? rsrsrs


Primeira foto no primeiro aniversário da mamãe fora da barriga da mamãe.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Frenuloplastia no meu pequeno!

Oi gente!
Não cheguei comentar aqui que o meu bebê tinha o freio sublingual curto, desde que ele tinha aproximadamente 2 meses comecei a perceber que cada vez que colocava a linguinha pra fora ela se dividia.
Logo falei pro pediatra dele, o médico examinou e constatou que ele tinha o freio sublingual curto, me orientou a esperar até mais ou menos 6 meses e observar se haveria evolução, caso não houvesse o correto seria fazer um pequeno procedimento cirúrgico que consiste em dar um pique nessa prega, assim fiz, aguardei o tempo passar mas constatamos que a evolução foi pequena.
Dias atrás o levei em outra pediatra e ela me passou que mesmo com a evolução, com o crescimento que o bebê teve, esse freio não se estendeu o desejado e que o mais coerente era fazer esse procedimento cirúrgico e o mais rápido possível, em vista de que, a cada dia que passa ele se aproxima mais do ato de falar e também esta mais esperto dificultando assim a realização dessa pequena cirurgia.
Mesmo sendo um problema considerado simples meu coração estava muito apertado, vocês mães podem imaginar o quanto, mas sabendo da necessidade me enchi de coragem e agendei com um cirurgião pediátrico, a consulta foi hoje pela manhã, ele nos explicou bem sobre o procedimento e o realizou de forma ambulatorial com anestesia local.
Fiquei o tempo todo do ladinho dele, com dó é lógico, mas sei que minha presença era muito importante pro meu filhote, como foi com anestesia local tivemos de segurá-lo bem pra nada dar errado, ele gritou de forma tão profunda que me doeu a alma, me segurei pra não gritar junto, mas enfim, logo o peguei no colo, o acalentei...
Sangrou pouco, saímos da clínica direto pra casa, ele esta super bem, brincando e aparentemente sem dor.
Sei que deve ter sido difícil pra ele, mas também foi pro bem dele!
Beijos a todas e um ótimo fim de semana!